segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Família o MEU BEM MAIS PRECIOSO!

A esquerda minha irmã Bruna e a Direita minha mãe Lucimar, como sempre costumo dizer minha família é o meu bem mais precioso...essas duas pessoinhas são parte do segredo do meu sucesso...sem eles eu não seria nem uma formiguinha, aprendi com os NÃOS da minha mãe e as DEFESAS da minha irmã a ser mais forte a cada dia... hoje em dia os tempos estão muito modernos e não consigo me acostumar com isso...então digo que sou muito careta...minha mãe nunca foi liberal, pelo contrário nunca deixava nada, sempre foi uma amiga nos momentos de felicidade e tristeza, sempre lutou por mim e meus irmãos, mesmo tendo uma vida difícil batalhou para nos criar em meio a muitas adversidades.
Hoje não existe mais esse respeito aos pais, os filhos fazem o que querem...e às vezes não entendemos porque existem tantos adultos sofrendo.


Você precisa voltar na história dessa pessoa e entender quais os fatores que a levaram a ser um adulto fracassado... o que mais vi nesses 10 anos de instituição são histórias de pessoas sofridas, muitas acabam dizendo que nada para elas dá certo...então tento desconstruir esse pensamento e levá-lo a reflexão.


A trabalho de um Assistente Social é muito difícil, pois temos que analisar caso a caso, para fazer um estudo de caso precisamos de muita atenção, pois um erro no diagnóstico irá causar uma intervenção errada...



O que é o Serviço Social?
Serviço Social é uma profissão de curso superior cujo objeto de intervenção são as expressões multifacetadas da questão social. Tem contribuições da sociologiapsicologiaeconomia,ciência política,antropologiaética . O Serviço Social é uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho.O Assistente Social/Bacharel em Serviço Social é o profissional qualificado que, privilegiando uma intervenção investigativa, através da pesquisa e análise da realidade social, atua na formulação, execução e avaliação de serviços, programas e políticas sociais que visam a preservação, defesa e ampliação dos direitos humanos e a justiça social.
Como campos de atuação profissional podem ser citados: equipamentos da rede de serviços sociais e urbanos das organizações públicas, empresas privadas e organizações não governamentais como: hospitais, escolas, creches, clínicas, centros de convivência; administrações municipais, estaduais e federais; serviços de proteção judiciária; conselhos de direitos e de gestão; movimentos sociais; instâncias de defesa e de representação política.
Fonte (Wikipédia).


Todos sabem o imenso amor que tenho pela minha família, e que sou capaz de qualquer coisa para vê-los bem.

E durante o curso de Serviço Social tive que ouvir diversas vezes que a FAMÍLIA acabou e que não existe mais uma família feliz. Certa vez uma professora levou um panfleto desses que costumamos receber de venda de apartamentos com a imagem de uma família feliz, e ela levou esse folheto para sala de aula e começou a passar de mão em mão para todos os alunos, depois ela disse "Isso não existe, a Família está acabando" e desafiou perguntando quem aqui mora com o pai e com a mãe???? e todos começaram a concordar dizendo que aquela imagem feliz não existia...eu logo disse que sim...que eu morava com minha mãe, meu pai e meus irmãos e que eramos felizes, então ela retrucou..."a minoria filhinha".... isso acabou comigo...saí daquela aula arrasada, pois o que eu estava fazendo ali? Eu estava fazendo Serviço Social! E para quê? Para lutar por famílias.
Nesse mesmo dia a professora começou a colocar no quadro todas as estatísticas possíveis para comprovar o que tinha dito, e então começou a aula sobre tipos de famílias, ou seja sobre os novos arranjos familiares.

Porém isso tudo só me deu mais forças para continuar e sabia que estava indo na contramão do MUNDO, porém tudo que eu mais quero é ver famílias felizes, como assim acabar as famílias, e a árvore genealógica...e viver em um mundo de individualistas onde aumentam cada dia mais o numero de pessoas vivendo e morando sozinhas.

Mesmo na contramão do Mundo meu trabalho continua e ainda que seja um trabalho de formiguinha não quero parar nunca.

ONDE ESTÃO OS VALORES? O respeito aos pais? os bons costumes?

Hoje os filhos fazem o que quer e os pais não falam mais nada, porque tudo é uma fase, fase essa que não termina nunca e quando verem lá na frente não vão entender porque tudo está dando errado.

Aqui na instituição procuro resgatar nas crianças e adolescentes o verdadeiro sentido da FAMÍLIA, a importância de se fazer amigos, a vontade de sonhar, de lutar, de conquistar e de fazer o bem a todo custo!

Ainda temos muito a fazer...porém...

Eu amo quem tem SONHOS,
quem é trabalhador,
quem luta para conquistar,
quem se importa com os outros,
não criticando mas reconhecendo valores e qualidades.
quem ama e apoia aos que precisam...

Amo ensinar as crianças a sonharem, aos adultos voltarem a ser crianças...

Sempre trabalhando para construir um Mundo Novo!

Uma ótima semana a todos!

Bianca Carvalho
11/02/2013
  




Um comentário:

Antes e depois da Maternidade

Certamente eu sempre achei que eu não tinha tempo, que bobagem, eu estava muito errada. Com a chegada da Ana Beatriz em minha vida posso di...